Roubo de mais de 12 milhões de meticais aos clientes do Standard Bank

0
60

Dois funcionários do Standard Bank em Nampula são indiciados de terem roubado mais de 12 milhões de meticais dos clientes, através de um esquema fraudulento. Um deles foi detido semana passada em Maputo.

Era funcionário de um dos maiores bancos comerciais no país, o Standard Bank, e trabalhava no caixa, na cidade de Nampula. Juntou-se a outro colega que está à monte e terão desviado mais de 12 milhões de meticais, segundo a conclusão do Serviço Nacional de Investigação Criminal, SERNIC.

“Acabaram lesando o banco porque teve que restituir o valor nas contas dos clientes. Para além da simulação de depósitos eles emitiam cheques avulsos e falsificavam assinatura dos clientes e retiravam algum valor para uso pessoal. Alguns conseguiam fechar com valor dos outros clientes, alguns, não”, explicou Enina Tsinine, chefe de Relações Públicas SERNIC em Nampula.

Estão detidos, igualmente, integrantes de dois grupos que faziam assaltos à mão armada e com recurso a armas brancas. Dois deles são agentes de segurança de um banco comercial na cidade de Nampula. As vítimas não quiseram dar a cara, mas falam do que viveram.

“No dia 28 de Abril fui levantar dinheiro no BancABC, quando sai sofri um assalto aqui na cidade. Vieram de carrinha, me cercaram, eram cinco, tiraram uma arma de fogo e levaram todos os 460 mil meticais. Eu sou vendedor de milho”, disse uma das vítimas, o outro é um mototaxista e caiu nas garras dos chamados “homens-catanas”.

“Eram 4h50’, sai de casa com um cliente e cruzamo-nos com três moços na estrada, mascarados, com pastas, e pensei que fossem pessoas que madrugam para o mercado. Lançaram uma catana para mim e o outro para o meu cliente e caimos”, descreveu a vítima, que conseguiu, entretanto, agarrar um dos meliantes, o dominou e o encaminhou às autoridades policiais.

A segunda  vítima dos “homens-catanas” está internado nos serviços intensivos do Hospital Central de Nampula e está inconsciente desde domingo.

“Foi possível neutralizar-se os indivíduos, um deles na tentativa de fuga foi alvejado e encontra-se internado no Hospital Central, os restantes três aguardam subsequentes investigações na 1ª Esquadra da cidade de Nampula”, concluiu Enina Tsinine.

Fonte: País.