EUA abandona OMS

0
128

Já é oficial. A administração Trump notificou, oficialmente, sobre a retirada do país da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Donald Trump tinha anunciado, em Maio, o fim desta relação, dizendo que a OMS não tinha aptidão para gerir a pandemia da COVID-19 e acusava o Organização de ser demasiado benevolente para com o Governo chinês.

O Presidente dos EUA pretendia introduzir alterações ao modelo de financiamento da OMS e ameaçava fechar a torneira. Na altura, o Presidente americano acusava Pequim de guardar informações relevantes para evitar a propagação do novo Coronavírus.

Nas redes sociais o senador Democrata Robert Menendez, do Comité dos Negócios Estrangeiros do Senado, dizia que o Congresso tinha sido notificado da decisão de Trump no meio de uma pandemia.

“Chamar a resposta de Trump à COVID-19 de caótica e incoerente não lhe faz justiça”, afirmou Robert Menendez.